sábado, abril 7

Só a mim...

Tinha de ser comigo, não podia ser com nenhum dos meus colegas...
Esta próxima semana vamos para França, a equipa de comerciais. E até irmos tínhamos de fazer uma venda cada um para atingirmos os objectivos da equipa Export Portugal, e chegármos lá cheios de ânimo.
A única hipótese de vender alguma coisa que eu tinha era uns gajos que eu sabia que haviam de comprar, podia era não ser agora. Eles estavam interessados num software que nós temos que usa um GPS para se instalar nos tractores para se fazer todos os trabalhos no campo com navegação GPS, para não se sobrepor tratamentos e sementes.
Quando consegui falar com o gajo pelo telefone a história foi esta:
-Bem sabe, é que este ano ficámos com excedente de pessoal aqui no armazém, e somos o principal empregador desta aldeia, trabalham cá famílias inteiras, não queríamos despedir em massa. Então este ano vamos pôr estes trabalhadores todos no campo, até decidirmos onde é que poderiam ficar a trabalhar. Pois é, este ano estivemos a pensar e não vale a pena comprar já o software.

(e os meus neuróniozinhos iam pensando, se fosse outro qualquer ainda rebatia estes argumentos, mas eu sou incapaz, o homem está coberto de razão!!)

Moral da estória: 30 min antes de fecharmos as contas do mês fiz uma venda totalmente inesperada, que era para se concretizar só lá para Maio!! Ufa!

1 comentário:

ratchim disse...

ehehe! ;)